Telmo de Lima Freitas e a Canção Tempos de Praça

Telmo de Lima Freitas e a Canção Tempos de Praça
5 (100%) 1 voto

Telmo de Lima Freitas – Tempos de Praça

Neste post, compartilho um pouco da história do Cantor e Compositor Gaúcho Telmo de Lima Freitas, um grande amigo que tive o privilégio de conhecer, em 1996, nos tempos em que eu servia no Regimento João Manoel, em São Borja, RS.

Tempos de Praça

Em homenagem aos antigos e atuais cavalarianos do “Regimento João Manoel”.

“Sentei Praça e passei pronto no Segundo…

Regimento João Manoel…

Lá no garrão da fronteira missioneira…

foi plantado o meu Quartel….

Da velha Cavalaria do Rio Grande tenho muito pra contar…

Sou de rancho da saudade fronteiriça dos tempos de militar…

3º Sgt Marcelo e Telmo de Lima Freitas

Marcelo Langoni em foto com o cantor e compositor tradicionalista Telmo de Lima Freitas, em junho de 2008, no 2º R C Mec, em São Borja-RS.

Esta foto, ao lado do meu amigo, cantor e compositor tradicionalista Telmo de Lima Freitas, foi registrada em uma visita que ele me fez, em junho de 2008, quando eu servia no 2º Regimento de Cavalaria Mecanizado, “Regimento João Manoel”, em São Borja-RS.

O Telmo serviu no histórico e tradicional 2º Regimento de Cavalaria (Atual 2º R C Mec), em São Borja (1º dos Sete Povos das Missões), de 1950 a 1952 e compôs a Canção “Tempos de Praça” para homenagear o Regimento João Manoel e todos os seus integrantes de ontem e de hoje.

Telmo de Lima Freitas é um gaúcho de fato, que tem ajudado a escrever a história do Rio Grande do Sul e do Brasil.

Biografia de Telmo de Lima Freitas

Telmo de Lima Freitas, nasceu em São Borja-RS, no dia 13 de fevereiro de 1933.

É um cantor e compositor brasileiro de música regional gaúcha.

Filho do oficial do Exército Leonardo Francisco Freitas e da campeira Mariana de Lima Freitas, Telmo desde cedo demonstrou que seguiria a carreira musical.

Aos dois anos de idade, estampou a capa da Revista Cacimba tendo na mão um cavaquinho, presente de sua madrinha. Mais tarde, recebeu um violão de presente de um amigo.

Aos 14 anos, participou do grupo Quarteto Gaúcho. Nos anos 50, apresentou o programa gauchesco Porongo de Pedra, na Rádio ZYFZ-Fronteira do Sul, de São Borja. Em 1969, participou do primeiro Festival de Música Regionalista organizado pela Rádio Gaúcha.

No cinema, participou do filme A Lenda do Boitatá.

Em 1973, lançou seu primeiro disco, intitulado O Canto de Telmo de Lima Freitas.

Morou durante anos em Uruguaiana-RS e outras cidades do interior como por exemplo Itaqui-RS, durante 4 anos cidade onde se aposentou como agente da policia Federal.

Com seus amigos Edson Otto e José Antônio Hahn, criou o grupo Os Cantores dos Sete Povos, com o qual conquistou o troféu Calhandra de Ouro da Califórnia da Canção Nativa de Uruguaiana, em 1979, com a canção Esquilador. Com o grupo, Telmo participou das 11 primeiras edições do festival.

Em 1980, lançou Alma de Galpão, produzido de maneira independente e financiado pelo grupo Olvebra.

Com o álbum A Mesma Fuça, recebeu o Troféu Açoriano em duas categorias: Melhor Compositor e Melhor CD Regional. É autor do livro de poesias crioulas “De Volta ao Pago“, lançado pela Gráfica e Editora Treze de Maio.

Em 2006, Telmo gravou uma compilação de sua discografia, denominada Aparte, com a participação de seus familiares e de antigos parceiros, como Joãozinho Índio, Luiz Carlos Borges e Paulinho Pires.

No começo de sua carreira conciliou-a com diversas outras profissões. Foi enfermeiro, peão de estância e trabalhou em lavouras de arroz, além de ter sido agente da Polícia Federal, em Porto Alegre.

Discografia

1973 – O Canto de Telmo de Lima Freitas
1994 – De Marcha Batida
1980 – Alma de Galpão
1993 – Tempos de Praça
1996 – Rastreador
2000 – A Mesma Fuça
2002 – Carteio da Vida
2006 – Aparte
Acervo Gaúcho
De Pé no Estribo
Poesias

Desde piazito eu escuto a canção “Esquilador“, que retrata com autenticidade um pouco da lida do homem que vive no campo, na vida rural.

Muito obrigado por sua visita ao meu Blog.

Volte sempre.

Um abraço “quebra-costelas”, no mais puro estilo gaúcho.

Assinatura_Marcelo_Langoni

Brinde pra Você!

Cadastre seu melhor e-mail e receba grátis o e-Book "Guia do Trabalho a Partir de Casa", além de minhas melhores dicas sobre marketing digital e negocios lucrativos. * Inscrição Gratuita.

Marcelo Langoni

Sou Brasileiro, Gaúcho, natural de Itaqui/RS. Tenho 48 anos. Casei em 1996 e me tornei pai de dois filhos dos quais muito me orgulho, Lucas e Leonardo.

Há mais de 29 anos exerço a profissão de Militar, no Exército Brasileiro, atuando principalmente nas funções de Comunicação Social e Relações Públicas e nas horas livres, desenvolvo a atividade de Empreendedor Digital. Com este Blog, pretendo contribuir para ajudar pessoas empreendedoras a também desenvolverem um negócio online a partir de casa, com seu computador. Conte comigo para ajudá-lo(a) nessa jornada empreendedora.

Website: http://www.marcelolangoni.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *