A performance de seu site como estratégia de venda

A performance de seu site como estratégia de venda
5 (100%) 2 votos

Para que você compreenda de que forma a performance de seu site como estratégia de venda pode levá-lo à independência financeira que você sempre desejou, peço que você analise esses dados:

a performance de seu site como estratégia de venda

  • O número de usuários online na América Latina equivale a 37.74% (cerca de 215 milhões de pessoas) da população mundial.¹
  • Deste número, 40.65% (pouco mais de 81 milhões) são brasileiros.¹

O crescimento do e-commerce trouxe consigo a necessidade de compreender que os hábitos de consumo das pessoas mudaram.

Isso significa que com o aumento da oferta, a demanda ficou cada vez mais exigente e, assim, se você nunca se preocupou com o desempenho de seu site antes, o momento é agora.

Por que você deve se preocupar com a performance de seu site?

Quando falo sobre a performance do seu site, entenda que me refiro ao desempenho do carregamento das páginas de seu site em todas as plataformas, seja na web ou nas plataformas móveis.

Em um período máximo de cinco anos, todas as transações comerciais serão feitas por meio das plataformas móveis (smartphones e tablets) e, por isso, o bom desempenho de seu site nestas plataformas deve ser cuidado desde já.

Esse fato é confirmado pelas estatísticas que mostram que as plataformas móveis são responsáveis por metade do tráfego para e-commerces.²

A Ericsson fez uma projeção que no ano de 2020 teremos mais de 6 bilhões de assinaturas de serviços móveis.

O próprio Google ajusta seu algoritmo de busca para posicionar melhor os sites mais rápidos, pois ele quer que o usuário tenha uma ótima experiência online, a começar pela busca. Portanto, SEO não basta.

Portanto, se você se preocupa com suas taxas de conversão e com o seu volume de vendas, você deve, também, começar a se preocupar com a performance de seu site como estratégia de venda. Pense nisso.

Expectativa x Realidade

Ao decidir comprar um produto, o consumidor, onde quer que ele esteja, saca o seu smartphone do bolso e começa a procurar as informações relevantes sobre o que ele quer.

Sua expectativa é conseguir reunir o máximo de informações pertinentes, no menor intervalo de tempo possível.

Quase metade dos usuários de e-commerce espera que, ao acessar um site, independentemente da plataforma, suas páginas carreguem em até 2 segundos. Somente 1 em cada 5 usuários tem paciência para esperar um site carregar por mais tempo.

Esses dados traduzem que o consumidor está ficando cada vez mais impaciente. Eles não têm tempo – e não querem – esperar um site carregar para realizar suas compras.

Ao se deparar com um site lento, o consumidor simplesmente fecha a aba de seu navegador e parte para o site concorrente na esperança de encontrar maior velocidade de carregamento.

O mau desempenho de um site também é refletido na quantidade de tempo que o mesmo fica fora do ar, trava ou tem um processo de checkout muito complicado e demorado.

Em um gráfico muito simples de ser compreendido publicado pelo grupo Aberdeen, é mostrado o seguinte exemplo: um site que tem uma receita de R$100 mil diários pode chegar a perder anualmente cerca de R$2,5 milhões, por causa de 1 segundo de atraso no carregamento de sua páginas.

O que a performance do seu site pode fazer por sua marca?

  • Se a velocidade de carregamento de um site é usada pelo Google para melhor posicionar um site em seus mecanismos de busca, isso significa que uma boa performance pode garantir um maior alcance e, consequentemente, aumentar suas taxas de conversão.
  • O fator psicológico conta bastante. Se o consumidor tem uma experiência boa com o seu site, a probabilidade dele voltar a visitá-lo é bem maior. A boa experiência também incentiva o engajamento do consumidor, que faz questão de indicá-lo para seu networking.
  • Nas plataformas móveis, o bom desempenho de seu site coloca-o diretamente no momento da tomada de decisão de compra. É exatamente ali que se ganha o cliente, por meio da satisfação pessoal e da ótima experiência online.

A melhor maneira de entender o seu consumidor é pensar em você mesmo como consumidor.

Ao analisar a performance do seu site como estratégia de venda, você deve ter um olhar prático e crítico, do ponto de vista do consumidor, para poder avaliar sua própria experiência e promover os ajustes necessários.

¹ Fonte

² Fonte

Compartilhe esse artigo para que mais pessoas tenham acesso a essa informação.

Leia mais artigos que podem ser do seu interesse:

Como Funciona a Política de Publicidade do Google Adwords

Mulher Empreendedora Supera a Depressão

Como Anunciar no Facebook de Forma Profissional

Email Marketing Eficiente e Como Aplicá-lo nos Negocios

Conheça o Curso Demolição Digital e Aprenda a Dominar Técnicas de SEO e Otimização de Blogs como um Profissional

Como Gerar mais tráfego e vendas com Produção de Conteúdo em seu Blog

A Máquina de Vendas Online Funciona? Saiba mais aqui

Brinde pra Você!

Cadastre seu melhor e-mail e receba grátis o e-Book "Guia do Trabalho a Partir de Casa", além de minhas melhores dicas sobre marketing digital e negocios lucrativos. * Inscrição Gratuita.

Marcelo Langoni

Sou Brasileiro, Gaúcho, natural de Itaqui/RS. Tenho 46 anos. Casado. Pai do Lucas e do Leo. Há mais de 27 anos exerço a profissão de Militar das Forças Armadas, atuando principalmente nas funções de Comunicação Social e Relações Públicas e nas horas livres, desenvolvo a atividade de Empreendedor Digital. Com este Blog, pretendo contribuir para ajudar pessoas empreendedoras a também desenvolverem um negócio online a partir de casa, com seu computador. Conte comigo para ajudá-lo nessa jornada empreendedora.

Website: http://www.marcelolangoni.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *